quarta-feira, 27 de junho de 2012

Siemens transfere tecnologia de bonde de piso baixo para produtor chinês


Os passageiros chineses poderão embarcar em bondes de piso baixo no futuro próximo, graças aos acordos assinados nesta quarta-feira entre a Siemens e a CSR Zhuzhou Electric Locomotive Co, Ltd.

A Siemens transferirá 100% da sua tecnologia "Combino" de bonde de piso baixo para a empresa chinesa, e os bondes de fabricação chinesa sairão da linha de produção até o final deste ano ou início do próximo ano, segundo um acordo de cooperação de longo prazo e um acordo de licença de tecnologia assinados pelas duas partes.

O bonde de piso baixo reduz os pequenos vãos que ficam às vezes na entrada dos trens, provendo um embarque e desembarque mais conveniente para crianças, portadores de deficiência e idosos.

Os comprimentos dos bondes Combino variam de 19 metros até o recorde mundial de 54 metros, com capacidades de 100 a 250 passageiros, dependendo da projeção de bonde.

O bonde de piso baixo custa apenas um quinto do custo dos trens de metrô, tornando-o adequado para o transporte público em grandes cidades chinesas, disse Xu Zongxiang, gerente-geral da CSR Zhuzhou Electric Locomotive Co., Ltd.

A CSR Zhuzhou Electric Locomotive Co., Ltd. é um dos maiores fabricantes de trens elétricos do país e uma empresa subsidiária da CSR Corporation Limited.

CRI Online – 27/06/2012

Comentário do sindicato:

Notícia de chinês. Bonde de piso baixo? Deve estar falando de VLT.

Nenhum comentário: