sexta-feira, 8 de junho de 2012

Os enlatados


2 comentários:

Anônimo disse...

Cara como podem fazer uma matéria da população enlatada nos melhores meios de transporte de São Paulo?
Este sindicato farjuto nem aderiu ao movimento dos companheiros da zona leste, vcs ficaram de braços cruzados esperando que a Central Caísse, onde vcs estavam quando a categoria venceu esta luta árdua com a CPTM "SOZINHA" Hoje graças a DEUS e aos funcionários da leste que todos eu disse todos até mesmo aquele filho da puta do Eloiz e Craveiro vão receber 3000 de PPR, coisa que não tinha-mos só o metrô, claro que este dinheiro e caixinha de fim de ano pro dois,claro para não participarem de nenhuma negociação contra a empresa

SINFERP disse...

Boa noite, "cara". Ficamos em dúvida se deveríamos ou não dar-lhe a atenção de uma resposta, mas concluímos que sim, e por dois motivos: 1) como este blog é lido e frequentado majoritariamente por não-ferroviários, é importante que saibam como funciona uma greve. Quando ela ocorre, a culpa é do sindicato. Quando não ocorre, a culpa é também do sindicato; 2) mostra, para ferroviários e não ferroviários, que "caras" pequenos como você não tem a menor ideia da responsabilidade que cerca uma greve, dentre outras (na sua cabeça sem a menor importância), de penalizar algo em torno de 2 milhões de usuários. Greve, "cara", é o caminho extremo de uma negociação, quando todos os demais estão fechados. Gratos, portanto, pela besteira que escreveu. Vai ficar aqui. Lamentamos que tenha postado o comentário como "anônimo", mas estranho seria se tivesse se identificado. Apenas uma irresponsável, e anônimo.