quinta-feira, 28 de junho de 2012

Operário morre atropelado por trem da CPTM na Grande SP


Um operário morreu atropelado por um trem entre as estações Baltazar Fidélis e Francisco Morato, na linha 7-rubi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Este é o sétimo acidente desde o fim de 2011 (leia abaixo).

O caso ocorreu no dia 23 de maio, mas foi confirmado apenas nesta quarta-feira pela CPTM, após denúncia do Sindicato dos Ferroviários de Trens de Passageiros da Sorocabana --que representa os funcionários das linhas 7 e 8.

Segundo a companhia, a vítima --que não teve o nome divulgado-- trabalhava na obra de revestimento de um bueiro a cerca de 20 metros da via férrea.

O funcionário, contratado pelo Consórcio ICS, teria desrespeitado as normas de segurança, atravessou a rede de segurança e chegou até a via férrea. Ele foi atingindo por uma composição que seguia no sentido Francisco Morato e morreu no local.

O Consórcio ICS abriu uma sindicância para apurar o caso.

O acidente ocorreu no mesmo dia em que os funcionários do Metrô e das linhas 11-coral e 12-safira da CPTM realizaram uma greve que parou a cidade de São Paulo.

VÍTIMAS

Este é o sétimo caso de atropelamento em linhas da CPTM desde de novembro do ano passado. À época, três trabalhadores morreram entre as estações Brás e Tatuapé, na zona leste de São Paulo

Em dezembro, dois funcionários da CPTM foram atropelados e mortos por um trem que seguia pela linha 8-Diamante.

O último caso ocorreu no dia 22 de março, quando um homem foi atropelado em um trecho da linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana).

Fonte: Folha de São Paulo 

Comentário do Sindicato

Só corrigindo - representamos as linhas 08 e 09 da CPTM. 

Nenhum comentário: