quinta-feira, 14 de junho de 2012

Metrô de São Paulo tem confusão de torcidas do Corinthians e Santos


Eles invadiram uma estação do metrô, entraram sem pagar e bateram em um funcionário. A confusão começou na Zona Oeste e terminou no Centro.

Dentro do campo deu Corinthians: 1 x 0 no Santos. Fora do estádio: confusão, vandalismo. Mais de 60 torcedores do Santos foram parar na delegacia na noite de quarta-feira (13). Eles invadiram uma estação do metrô, entraram sem pagar e bateram em um funcionário. Os torcedores também quebraram a janela de um vagão.

Para quem estava no metrô, foi um susto grande. A confusão começou na Zona Oeste e só terminou no Centro da cidade.

Os torcedores pularam as catracas sem pagar a passagem. Um funcionário tentou impedí-los, mas acabou agredido. Depois o grupo entrou em um vagão, quebrou um dos vidros e seguiu por mais cinco estações até ser detido na Sé, no Centro da cidade.

Todos foram escoltados até a Estação Barra Funda, na Zona Oeste. Agentes de segurança e PMs armados acompanharam os torcedores até a delegacia. Eles foram fichados e devem ser processados.

Os torcedores tinham comprado ingressos para assistir ao jogo e seguiam para a Vila Belmiro. Mas, depois da confusão, na delegacia, não puderam ver a partida. O grupo já foi liberado da delegacia. O funcionário do metrô agredido pelos torcedores teve ferimentos leves, foi atendido em um hospital e já recebeu alta.

R7 – 14/06/2012

Comentário do sindicato:

Injustificável, mas teria sido pior se em trens da CPTM. Temos mais linhas, mais estações, mais trens, mas um número menor de agentes de segurança.


Nenhum comentário: