quinta-feira, 28 de junho de 2012

Funcionário morre atropelado por trem na Linha 7-Rubi da CPTM


Acidente aconteceu no dia 23 de maio perto da Estação Francisco Morato. CPTM diz que terceirizado não respeitou normas de segurança.


Um funcionário terceirizado da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) morreu atropelado por uma composição enquanto fazia reparos na Linha 7-Rubi, entre as estações Baltazar Fidelis e Francisco Morato, na Grande São Paulo. O acidente aconteceu no dia 23 
De acordo com a companhia, o homem estava trabalhando na obra de revestimento de um bueiro a cerca de 20 metros da via férrea. Antes do acidente, ele “desrespeitou as normas de segurança e, sem qualquer comunicação prévia ao Centro de Controle Operacional (CCO), atravessou a cerquite (rede de segurança utilizada em obras para delimitação de área de trabalho) e adentrou a via férrea, sendo atingindo por uma composição que seguia no sentido Francisco Morato”, diz nota divulgada pela CPTM nesta quinta-feira (28).
A companhia afirmou que o Consórcio ICS, empregador do funcionário morto, abriu uma sindicância para investigar o caso. Um boletim de ocorrência foi registrado em uma delegacia de Francisco Morato no dia do acidente.
Fiscalização


Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias em Transporte de Passageiros da Zona Sorocabana (Sinferp), falta fiscalização por parte da CPTM em relação às normas de seguranças dos funcionários. O sindicato afirma que, se houvesse uma fiscalização mais séria, acidentes como o do dia 23 de maio poderiam ser evitados.

O Sinferp ainda afirmou que tentou entrar em contato com a CPTM para obter informações sobre o acidente desde o dia 29 de maio. Até está quinta, não obteve resposta.

Fonte: G1 - 28/06/2012

Nenhum comentário: