quinta-feira, 14 de abril de 2011

VALEC sob suspeita de improbidade administrativa

Brasília - O Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO), protocolou ontem (11/04), ação de responsabilidade por atos de improbidade administrativa contra José Francisco das Neves, presidente da Valec - Engenharia, Construções e Ferrovias.
O presidente da empresa pública é acusado de superfaturamento no contrato da construção do trecho da ferrovia Norte-Sul que cortará os estados do Pará, Maranhão, de Tocantins, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e em Mato Grosso do Sul. O contrato de R$ 245 milhões não passaria de R$ 197 milhões de acordo com perícias criminais.
Além de Neves, também são citados Ulisses Assad, ex-diretor da Valec; Jorge Antônio de Almeida, superintendente de projetos da Valec; André Luiz de Oliveira, superintendente da Valec e a empresa Lupama Comércio e Construções.
A estatal disse que não irá se pronunciar até o recebimento formal da acusação. Informaram que só tomaram ciência da ação por meio da imprensa.
Jornal do Brasil - 12/04/2011

VALEC, para quem não sabe, é a estatal que os tucanos afirmam ter as mesmas funções que a ETAV, empresa recém criada pelo governo federal para administrar o TAV.

Está feia a coisa...

Nenhum comentário: